A expansão chinesa e seus impactos na África na primeira década do século XXI

O objetivo da tese é analisar a repercussão nos países africanos da expansão chinesa recente relacionada à entrada do país em um novo ciclo expansivo caracterizado pela ampla utilização de artigos primários. A partir deste novo ciclo a China assume cada vez mais a posição de demandante mundial de artigos primários, contribuindo para mudanças fundamentais no comércio internacional e para a inserção dos países periféricos primários exportadores, entre eles os países africanos. Desde os anos 2000 observa-se uma retomada do crescimento das economias africanas que dá lugar ao cenário de crise e recessão das últimas décadas do século XX.

O trabalho argumenta que a retomada do crescimento africano tem forte relação com as transformações da conjuntura externa causadas pela expansão chinesa na última década. Além disso, o quadro africano recente é também moldado pela aproximação da China através da expansão dos investimentos e fluxos financeiros para o continente. A partir da identificação das mudanças na África o trabalho discute ainda como os países do continente vêm se inserindo nesta nova conjuntura a partir de esforços internos de transformação econômica e social.

Leia Online

Download

Clique aqui para fazer o download

Comentários estão desabilitados.

Navigate