Estabilidade nas Abordagens Clássica e Neoclássica

Este artigo contém uma breve avaliação comparativa da questão da estabilidade nas abordagens clássica e neoclássica. A ênfase estará nos conceitos de estabilidade que são relevantes para essas diferentes abordagens nas implicações de certos resultados teóricos recentes obtidos pelos seguidores clássicos de Sraffa. Discutimos três perguntas: 1. As críticas às condições de estabilidade são relevantes ou tudo que importa são as “provas de existência”? 2. Qual a diferença entre a crítica de Sraffa e as dificuldades com os “efeitos renda” admitidas pelos neoclássicos? 3. Finalmente, se os sraffianos querem criticar a teoria neoclássica no que se refere à estabilidade, então o que dizer da estabilidade de suas próprias posições de longo prazo clássicas?

Leia Online

Download

Clique aqui para fazer o download

 

Comentários estão desabilitados.

Navigate